"BookJacking"

É verdade...

Nova modalidade de roubo, "BookJacking", que diga Miguel Sousa Tavares...
"Miguel Sousa Tavares sentiu um «golpe no coração» quando percebeu que o seu computador portátil, onde tinha dois livros iniciados, resultado de um ano de trabalho, se encontrava na lista de objectos roubados da sua casa da Lapa, em Lisboa, noticia o 24horas.
O jornalista e escritor, autor do bestseller «Equador», disse ao jornal não ter cópias completas dos livros que se encontravam no computador. «Perdi mais de um ano de trabalho. Tinha um livro que já ia a meio e outro que ia a cerca de um quinto», declarou.
Sousa Tavares estranha o roubo e conta que, quando entrou em casa, regressado de um fim-de-semana no Porto, nada estava fora do sítio. Apenas quando se dirigiu ao escritório é que deu conta que lhe faltava o portátil e a secretária estava desarrumada. Levaram ainda «uma pasta com documentação pessoal e um estojo com papéis». Os assaltantes terão entrado pelo telhado...
Em maré de azar, Sousa Tavares viu ainda o seu carro rebocado quando o estacionou para ir comprar outro portátil."
Será que se perdeu alguma coisa???
by Diário Sociedade

3 comentários:

Tânia Coelho disse...

Até fiquei com pena do senhor... Que maré de azar...
Tb existe o carjoaquim, é preciso mto cuidado.

Domos disse...

Jaquim...Jaquim, jaquim!!!

Lol

Cris disse...

excelente neologismo!

esta gente das letras tem com cada uma!
;)

DOMOS

A minha foto
São poucas as palavras... Domos

VISITANTES

SEGUIDORES

LIVESTRONG

MERIDA 2010